domingo, 18 de setembro de 2011

Poesias Cinéticas

São poesias em que o autor pode colocar as palavras  dando ao texto uma espécie  de ‘movimento’,de acordo com a poesia. 


Era um homem bem vestido
Foi beber no botequim
Bebeu muito, bebeu tanto
Que
saiu
de
lá
assim.

As casas passavam em volta
Numa procissão sem fim
As coisas todas rodando

O moço entra apressado
Para ver a namorada
E é da seguinte forma
escada.
                         a
                sobe
        ele
Que
Mas lá em cima está o pai
Da pequena que ele adora
E por isso pela escada
 

ele
 

embora.

                 Millôr Fernandes.



Nenhum comentário:

Postar um comentário